Tomate, contra o câncer de próstata

O licopeno funciona como um poderoso antioxidante,

 

Quem nao resiste à boa macarronada de domingo tem mais um motivo para comemorar: uma substância contida no tomate, o licopeno, responsável pela cor avermelhada da fruta, está sendo apontada como uma das formas de prevençao ao câncer de próstata. Em condiçoes normais, a próstata nao pesa mais do que 20 gramas e sua principal funçao é produzir parte do líquido seminal expulso com o esperma durante a ejaculaçao. Ela também desempenha papel importante no mecanismo que regula o fluxo urinário e protege essa regiao contra infecçoes. A partir dos 50 anos de idade, a parte interna da glândula costuma crescer (hiperplasia prostática); porém, nem sempre isso representa a existência do câncer. As causas que levam ao crescimento da próstata nao sao totalmente conhecidas, mas já se sabe que o envelhecimento e a presença de níveis normais do hormônio masculino (testosterona) sao o principal motivo. O câncer de próstata pode demorar anos para apresentar os primeiros sintomas e, consequentemente, ser detectado; portanto, o exame clínico preventivo é fundamental. O exame clínico para se diagnosticar o aumento da próstata é o de toque retal, que nao dura mais do que 10 segundos; no entanto, muitos homens ainda têm preconceito, dificultando o controle precoce da doença. Preocupados com esse problema, pesquisadores saíram em busca de um possível aliado que pudesse prevenir esse mal e descobriram, após muitas pesquisas e experiências, o licopeno. Essa substância, embora nao tenha demonstrado qualquer efeito no combate ao câncer de pulmao, revelou-se eficaz na prevençao do câncer de próstata.

 

O licopeno funciona como um poderoso antioxidante, combatendo o excesso de radicais livres, que podem alterar a cadeia de DNA na célula e provocar a formaçao de substâncias cancerígenas. A concentraçao maior de licopeno está no tomate fervido, aquele utilizado para fazer o molho de tomate; mas, a substância também pode ser encontrada em outras frutas como a melancia e o morango. No entanto, apesar dos resultados obtidos, especialistas no assunto esperam um estudo mais amplo que realmente comprove a eficácia do licopeno. Se o tomate ainda está na categoria de amigo no combate ao câncer de próstata, a soja já se revelou uma aliada. A dieta baixa em gordura animal, rica em peixe, frutas, legumes, chá verde e soja é a maior responsável por esse índice. A soja contém substâncias conhecidas como isoflavonas, que acabam apresentando uma atuaçao semelhante ao estrogênio, hormônio contrário à testosterona. Como já se sabe que esse hormônio tem ligaçao direta com com o câncer de próstata, essa substância reduziria os riscos. Vale lembrar o fator hereditariedade. Quem tem antecedentes na família pode ter cinco vezes mais chances de adquirir um câncer na próstata. Portanto, a prevençao deve começar cedo. Fonte: saudeinformacoes

 

Deixe uma resposta