¨Nós somos feitos da mesma matéria dos sonhos¨

“Nós somos feitos da mesma matéria dos sonhos¨ Shakespeare O sonho é mais uma forma de manipulação de desejos, sentimentos e aflições, podendo

ser uma fonte reveladora da personalidade e de atos. Ao sonhar, acorda-se o inconsciente desligando o corpo e consciência. Passa-se a navegar nas mais profundas e secretas emoções, imagens vindas do nada, conteúdos formando um processo com início, meio e fim (mesmo que não nítidos) carregado de emoções e idéias. O cérebro é como um arquivo. Muitas vezes, se faz necessário tirar o que não está interessando e jogar fora, para ter espaço e colocar algo no item de boas lembranças. Guardar objetos velhos e inúteis, manda duas mensagens ao cérebro: que não confia no amanhã e que não acredita conseguir o melhor, são entraves para prosperidade. O guardar tem o significado de que poderá faltar. Não se deve esquecer do passado, das conquistas e das frustrações.

Mas é importante não guardar sofrimento, teimosia, ódio, rancor, mágoas, sentimento de derrota, ressentimento. Essas sensações podem aparecer no corpo, somatizando (aparecendo como doença) que podem moldar a existência. ¨As pessoas são solitárias porque constroem paredes ao invés de pontes¨ (Joseph Newton). É importante mudar pelo que pensamos e sentimos. A alegria e a realização nos mantém saudáveis e prolongam a vida. É preciso aprender a usar nossa consciência para criar os corpos que realmente desejamos. Seu corpo hoje: é o que pensou ontem; seu corpo amanhã: será seus pensamentos hoje (Deepak Chopra). Se puder dizer: não preciso disso, não me traz benefício. Ser e estar aberto a novas situações, coisas boas começam a acontecer. Somos nossos pensamentos, logo tenhamos os melhores. Afinal, você merece e sua vida agradece.

Rosangela Nery

rosangelanery@yahoo.com.br

Deixe uma resposta